Ralf Roder na Praia Branca de Helgoland

 em Blog

Essa postagem é antiga, mas estou colocando outra vez porque o Blogspot deu um jeito de sumir com ela e tantas outras. Mesmo assim, como Niko está com uma música nova, creio que é oportuno colocá-la novamente, atualizando alguns links. Boa leitura 🙂

Desde os 17 anos Ralf Roder já criava suas composições inspirado em seus ídolos – Jürgen Drews e Elton John. Ele começou sua carreira da mesma forma que vários outros jovens daquela época: através de apresentações em programas de talentos e variedades. Fazendo vários contatos sempre que podia, montou fitas Demo e enviou para várias gravadoras e digamos que teve muita sorte, pois chamou logo a atenção de Peter Moorlampen (Howard O’Melley) da Gravadora Sound-Around. Não tardou muito para que o Hit “Am weissen Strand von Helgoland / Na Praia Branca de Helgoland” virasse realidade, fazendo bastante sucesso. O jovem Ralf Roder passou então a se chamar Niko. Ele diz que adotou o apelido de Niko por ser um nome pequeno e fácil de ser lembrado, assim como Nena, um ícone da Música Pop Alemã e da Neue Deutsche Welle.

Vale lembrar que a NDW (Neue Deutsche Welle) ou New Wave Alemã, como era chamada aqui em Santa Catarina, foi uma moda que passou rápida, fazendo com que vários intérpretes fossem obrigados a se reinventarem. Como a NDW era uma mistura de Rock, Folk, Ska, Punk e Música Eletrônica, assim que perdeu forças, cada grupo assimilou para si o estilo que mais lhe convia. Alguns continuaram totalmente voltados para o Rock e outros, mais para o eletrônico. Neste período, Ralf escreveu e compôs mais uma música cantada em alemão “Auf Und Davon, Für Immer /Pra Frente e Avante, Sempre”, porém adotou outro pseudônimo: Niko Roder.

Infelizmente a canção não obteve reconhecimento, mesmo tendo sido produzida por um ícone da Disco-Fox: Tess (Fancy). Mas Ralf não desanimou e continuou a escrever outras músicas, desta vez cantadas em inglês, adotando mais um pseudônimo: Prime Time. Com o projeto Prime Time, Ralf teve relativo sucesso, alcançando o Top 40 na França com a música “Ocean Of Crime”. Ainda como Prime Time, teve a oportunidade de escrever junto com Axel Breitung, que dominava melhor os versos em inglês e ser produzido por outros grandes nomes do Euro Disco e Italo Disco: Luis Rodriguez, Claudio Causin, Francesco Masala e Claudio Donato. Atualmente Ralf tem seu próprio estúdio e editora para copyrights, onde continua escrevendo letras em alemão e promovendo seus grupos: T’NT, Sascha Reyna, entre outros. Para saber mais sobre suas novas produções, visite ESTE site. Logo abaixo coloquei o vídeo de uma de suas canções mais recentes: Ruf die 1-1-2.

Comentários no Facebook

Comentários

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar